Faixa de Gaza
19/05/2018 22:38 em Mundo

A Faixa de Gaza é uma das regiões mais turbulentas do planeta, disputada por israelenses e palestinos por séculos. Com o reconhecimento de Jerusalém como Capital oficial de Israel pelo governo americano de Donald Trump, após a transferência de sua embaixada para o local, a tensão entre os dois povos aumentou e a minoria cristã está lutando para conseguir sobreviver na região.

“Todos nós precisamos de Cristo, mas a Palestina é a terra de Cristo, e isso é uma questão e um problema, e eu vou dizer: também é um desafio. O desafio é que esta é a terra de Cristo onde Ele nasceu, onde Ele deu a Sua vida como um sacrifício em nome de todos os [mundo]”, disse o Presidente da Faculdade Bíblica de Belém, Jack Sara.

Segundo Sara, apesar de ser o berço do cristianismo, a região abriga apenas 1,5% de cristãos da população palestina, o que torna ainda mais difícil conviver em meio ao conflito: “É o local de nascimento e de ressurreição, e o lugar do Espírito Santo. E a Igreja começou lá”, disse ele, segundo informações do The Christian Post.

A maior dificuldade no momento está sendo o bloqueio realizado pelo Exército de Israel na região, como forma de proteger o país de possíveis ataques palestinos devido à transferência da embaixada americana.

Segundo o Padre Mario Silva, que vive no local, as pessoas “vivem como se fossem uma prisão a céu aberto, já que não podemos ir embora. Não podemos visitar parentes, procurar trabalho, remédios ou bons hospitais do lado de fora. É realmente uma prisão. As pessoas não têm dinheiro e a situação é terrível. Há pobreza generalizada”.

Para Sara, que é pastor da Igreja da Aliança na Terra Santa, a situação também reflete a natureza espiritual por trás dos acontecimentos. A dificuldade de implementar o evangelho de Jesus Cristo é grande, mas ainda assim os cristãos que vivem na região acreditam que são responsáveis por fazer a diferença no local:

“Este é o epicentro de muitas coisas. Então quando falamos sobre o epicentro, eu diria [da] história de Deus e história da salvação. Isso significa que é realmente um lugar odiado por Satanás e há muitas forças espirituais que estão atacando as pessoas. Apenas pense, essa área nunca conheceu a paz”, disse ele, acrescentando que “não há descanso no país”.

Com informações: Guiame.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
AGRADECEMOS SUA VISITA, VOLTE SEMPRE!

APROVEITE O MELHOR DE NOSSA PROGRAMAÇÃO EM QUALQUER LUGAR!

 

OUÇA TAMBÉM PELOS:

DOE | OFERTE | AJUDE-NOS!