Culto é interrompido com tiroteio no interior do RN
19/05/2018 - 22h52 em Mundo Gospel

A prática comum de realizar cultos evangelísticos nas ruas nem sempre acontece ou termina em calmaria. Em uma sociedade marcada por altos índices de violência, até mesmo atividades religiosas estão ameaçadas pelo dia-a-dia da criminalidade em algumas regiões, como aconteceu em Mossoró, um município localizado no interior do Rio Grande do Norte.

Na última quarta-feira (16), no bairro Ilha de Santa Luzia, um grupo de fiéis de uma igreja evangélica estavam reunidos na calçada, ocupando também parte da rua, para realização de um culto no local. Um vídeo gravado por um dos presentes mostra o momento em que uma mulher fala ao microfone, enquanto outros assistem.

Em outra região, ao que tudo indica nas proximidades, ocorria um bloqueio policial. Foi quando dois homens em uma moto furou o bloqueio, iniciando uma perseguição da Polícia aos dois suspeitos sobre a moto, segundo informações que foram dadas pela PM ao jornalismo do Bom dia RN

No vídeo é possível observar o momento em que os fiéis escutam o primeiro tiro. O culto continuou, mas em seguida uma nova sequência de tiros e a presença dos suspeitos com a Polícia no encalço obrigou os fiéis a largar os equipamentos para se protegerem.

O culto estava sendo realizado entre as ruas Padre Florêncio e Jeová Rodrigues. Um dos suspeitos foi preso pela PM, mas o outro conseguiu fugir. Levado para a delegacia, o homem detido foi reconhecido por duas vítimas de assalto. Eles teriam levado os celulares delas.

Pastor é assassinado por incomodar traficantes, em Mossoró

O caso acima não foi o único de violência que indignou os evangélicos de Mossoró nesta semana. A Polícia também revelou, através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que o sargento aposentado Luiz Valdécio Faustino, de 57 anos, que também exercia a função de Pastor evangélico, foi assassinado por traficantes em 23 de março.

O motivo do crime, segundo a Polícia, foi porque o Pastor Valdécio estava atuando no bairro de Ouro Negro, onde foi morto pelos meliantes. Ele evangelizava os jovens e usuários de drogas já fazia algum tempo, o que teria incomodado os traficantes. Ele fazia o mesmo em Tibau e Boa Vista.

O pastor foi morto por dois homens, um adolescente e outro maior de idade. O menor já foi preso com uma pistola 380 e recolhido para o CEDUC. O maior está foragido. O Delegado Rafael Arrais pediu a colaboração da comunidade para dar informações sobre o paradeiro do foragido, garantindo o sigilo da informação, através do número: 084 3321 5172

 

Veja a entrevista com o Delegado responsável pelo caso:

 Fonte: Gospel+

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
AGRADECEMOS SUA VISITA, VOLTE SEMPRE!

 

OUÇA TAMBÉM PELOS:

DOE | OFERTE | AJUDE-NOS!